setembro 19, 2021

Fofoca

Notícias sobre as manchetes de Portugal no NewsNow: o balcão único para

Portugal atingiu 85%

Portugal representa agora 85 por cento da população com uma única dose da vacina Covit-19.

“Este é um dia importante para todos nós. 85% da população portuguesa está vacinada e, por isso, como povo, todos devem estar orgulhosos”, disse Grossa Freidas à SIC Notacias.

De acordo com o chefe da Direcção-Geral da Saúde (DGS), “haverá sempre algum cuidado em lidar com o outono e o inverno”, épocas de “maior stress em termos de saúde” devido à circulação de vírus respiratórios, mas ele ressaltou que este ano, ao contrário do que aconteceu em 2020, a maioria das pessoas SARS-CoV será vacinada contra -2.

Segundo Grena Freitas, as “boas condições” preveem a continuidade da atual “tendência constante e decrescente” da epidemia, em que a variante delta domina e a vacina não perde a eficácia.

“No segundo cenário, a vacina pode perder o efeito com o tempo, mas sem uma nova variante pode haver um aumento lento do número de casos.

A “inquestionável má situação” sugere o surgimento de uma nova variante do vírus, que vai adotar medidas para “mais uma vez exercer forte pressão sobre o Serviço Nacional de Saúde”. .

Sobre a possibilidade de administrar uma terceira dose a grupos vulneráveis ​​como os idosos, Crosa Freidas disse que a farmacêutica Pfizer apresentou recentemente ao Instituto Farmacêutico Europeu (EMA) a aprovação do incentivo à vacina.

“Sim, senão temos que esperar que o regulador nos diga. De qualquer forma, fazemos nosso dever de casa em duas frentes: ciência, mantendo toda a evolução, e logística. Continuamos vacinando para situações em que seja necessária uma terceira dose ou reforço ,” ele prometeu.

Quanto ao fim da obrigatoriedade do uso de máscaras, o Diretor-Geral da Saúde lembrou que foi decisão do legislativo republicano, mas depois que 85% da população for vacinada, “a circulação do vírus será muito baixa”

READ  Mais de 300 voos foram cancelados devido à greve nos aeroportos de Portugal

No entanto, Grena Freidas argumenta que ainda é necessário usar máscara do lado de fora, com algumas exceções, como reunir pessoas que não conseguem manter o espaço social.