setembro 28, 2021

Fofoca

Notícias sobre as manchetes de Portugal no NewsNow: o balcão único para

Netflix em Portugal e não frio

Enquanto a maioria da Europa aceitou serviços de streaming como Netflix ou Disney + durante o bloqueio, os portugueses foram alguns dos menos transmitidos.

Em 2020, apenas 66 por cento dos portugueses entre os 16 e os 74 anos viram televisão ou vídeos (incluindo filmes e séries) em streaming, o que é menos do que a média de 74 por cento na UE.

As estatísticas do Eurostat mostram que Portugal é o quinto país da União Europeia (UE) a ter menos pessoas a ver televisão ou vídeos através de serviços de streaming até 2020.

Do streaming aos videojogos, de acordo com um estudo do Eurostat, 38 por cento dos portugueses com a mesma idade alargada costumavam jogar ou fazer download de jogos na Internet no ano passado. A média da UE é de 34%. Ambas as classificações são lideradas pela Holanda.

Serviços como Netflix, HBO ou Disney + foram mais visitados na Holanda e em Chipre (95%), com Finlândia e Malta respondendo por 93%. Romênia (37%) e Bulgária (44%) registraram as taxas mais baixas da União Europeia.

Em termos de desporto, a Holanda ultrapassou o resto da comunidade comunitária em 2020, com 56% da população a praticar este tipo de entretenimento, seguida de Malta e Dinamarca com 47%. As porcentagens mais baixas estão novamente na Bulgária, com 16%, e na Polônia (19%).

READ  Aldi abriu a maior loja de Portugal