setembro 28, 2021

Fofoca

Notícias sobre as manchetes de Portugal no NewsNow: o balcão único para

“Echo”, “Haboob” vai competir no Festival Cineco de Portugal

Os renomados animadores iranianos “Echo” e “Haboob” concorrem na 27ª edição do CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela, em Teerã – Portugal.

Os filmes foram selecionados para exibição nas seções de curtas-metragens do festival que acontecerá em Xia de 9 a 16 de outubro.

“Echo”, dirigido por Parson Rostami, é sobre a compreensão da vida selvagem e as consequências do abuso humano do meio ambiente.

O filme foi apresentado em vários eventos internacionais. Ele ganhou o prêmio de Melhor Designer de Som no 7º Festival Internacional de Curtas Metragens Pink City, na Índia.

“Haboob” conta a história de um homem e sua filha que se acostumaram a viver em harmonia com a natureza e na tranquilidade, mas alguns obstáculos mudam suas vidinhas lindas.

“Haboob”, dirigido por Mahsa Samani, foi eleito a melhor animação no primeiro Festival Internacional de Cinema da Terra no Irã, em maio.

O filme ganhou uma menção especial no Festival Internacional de Cinema de Animação de Stuttgart (ITFS), na Alemanha.

No início de janeiro, ele ganhou o prêmio de Melhor Curta-Metragem de Animação no 11º Karama Human Rights Film Festival em Amã, Jordânia.

O CineEco – Festival Serra da Estrela é o único festival de cinema em Portugal dedicado à temática ambiental.

Tem sido organizado continuamente todos os anos desde 1995 por iniciativa do município xiita.

O festival realiza-se no Palácio Municipal da Cultura de Zia e no CISE – Centro de Exposições da Serra da Estrela.

Já conquistou aclamação internacional ao exibir dezenas de longas, curtas-metragens, animação e documentários de mais de 30 países.

O CineEco oferece a cinematografia menos conhecida como alternativa ao cinema de qualidade e ao mercado tradicional do mercado público.

READ  Se as casas noturnas estão abertas em destinos de férias como Espanha e Portugal e a Irlanda está esperando por uma renovação do negócio

Para além do público em geral, o festival atrai milhares de crianças e jovens do concelho e arredores, bem como turistas que visitam a Serra da Estrela aos teatros.

Foto: Uma cena de “Echo” de Breson Rostami.

MMS / Yaw