setembro 28, 2021

Fofoca

Notícias sobre as manchetes de Portugal no NewsNow: o balcão único para

“Drones marítimos” internacionais estão a ser testados em Portugal

Fuzileiros navais de 17 países da OTAN estão testando tecnologia de ponta em águas portuguesas em drones, que vão desde guerra em túneis até análises de amostras de água.

O exercício Repmus 21, que decorre até 24 de setembro em Tróia, é “o maior exercício de teste operacional da OTAN” e testa “veículos autônomos não tripulados” que viajam debaixo d’água, na superfície ou no ar, disse Pitágoras à Lusa.

Jono Lorenzo Bidet observou que a maior parte do trabalho que esses robôs fazem é “monitorar ou proteger locais específicos”.

“Não testamos veículos com armas, mas efetivamente, alguns deles podem ter ainda mais uso militar se colocarem armas a bordo. Testamos táticas e práticas”, disse ele.

O treinamento Repmus começou em 10 de setembro, envolvendo 12 navios, sete dos quais pertencentes à Marinha portuguesa, incluindo o submarino Trident, a fragata Alvarez Cabral e o navio de guerra D.C. Carlos I, e navios das marinhas americana e italiana.

“Alguns navios são usados ​​como locais de lançamento de veículos, bem como para colocar alguns sensores no mar e como alvos detectados pelos sistemas que testamos”, disse.

O maior exercício, conduzido pela NATO, é o “Formação Contínua”, que inclui “não um cenário global, mas sim uma série de pequenos exercícios que testam estas tecnologias desde mapeamento de fundo a situações muito específicas.” Uma cena ”.

Com aproximadamente 1.200 participantes, o treinamento reúne forças armadas, pesquisadores acadêmicos e representantes da indústria para ajudar a “acelerar o desenvolvimento de novas tecnologias”.

Mais de 30 tecnologias serão testadas em uma área de 1.400 milhas náuticas, entre ar, superfície ou submarinos.

Participam 15 empresas, a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e oito empresas da NATO.

READ  6,5 milhões de certificados digitais já foram emitidos em Portugal