outubro 26, 2021

Fofoca

Notícias sobre as manchetes de Portugal no NewsNow: o balcão único para

1,5 milhão de multa por despejo ilegal

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) ordenou a uma suinicultura o pagamento de 1,5 1,5 milhões por descargas ilícitas de água e o encerramento de uma quinta durante três anos.

A APA explica que a Agrobecuria condenou Valinho por 15 das infrações ambientais mais graves, nove das quais recorrentes e 10 com potencial intencional.

A APA sublinha no relatório que a multa será uma das mais altas de Portugal.

Dagas e Ribeiro foram condenados por “transportar para a água as restantes descargas” no caso da região hidrográfica de Do Oste.

“Esta é uma decisão administrativa, que já foi anunciada e ainda é final e inaceitável.

De acordo com a APA, a fazenda foi condenada por seis crimes relacionados à colocação indevida de água e nove crimes por “uso de recursos hídricos sem o respectivo título”.

Ao mesmo tempo, a empresa foi condenada a encerrar as operações agrícolas do Vale Merino no município de Allenquur por um período máximo de três anos.

A empresa foi intimada a tomar medidas para prevenir danos ambientais como resultado do fechamento adicional e prevenir o abandono e deterioração das instalações, como o descarte adequado da água residual remanescente no local.

READ  Portugal "casa" muda as eliminatórias da Copa do Mundo para Torino