Pensado para a semana: Manuseando o que a vida lança em você

Não é maravilhoso que todos nós têm acesso ao maravilhoso mundo rico de aprendizagem? Nós tendemos a ir sobre nossas tarefas diárias, irracionais e sem direção, esforçando-se para o fim de semana, para que possamos, em seguida, fazer o que nós escolhemos.

Leva apenas uma pequena mudança em nosso dia pré-programado normal e que são jogados!

Estamos atônitos, irritado e desiludidos não podemos acreditar que a ‘vida’ pode ser tão má!

Nós merecemos melhor, porque somos bons cumpridores da lei cidadãos, damos dinheiro aos pobres, que trabalham para nossa caridade favorita, são os melhores pais que sabem ser, e são o trabalhador mais difícil do teamâ |? Quero dizer, por estamos sendo punidos desta forma?

Eu encontrei estas citações maravilhosas esta manhã que fez cócegas algo no meu cérebro!

‘As circunstâncias não fazem o homem, eles revelam-lo. – James Allen

Todos nós fomos perturbar, de uma forma ou de outra com a falta de preparação para o inesperado

Na verdade, podemos sempre se preparar para o inesperado?

Podemos responsáveis ​​pela maior parte das eventualidades que podem ou não podem se apresentar em nossa jornada para o futuro, mas como lidamos com o nosso mundo sendo abalado?

  • Será que gritar e gritar, porque não podemos começar nosso caminho?

  • Será que estar de mau humor e meditar sobre como as coisas deveriam ter sido?

  • Será que estamos com raiva porque nos sentimos mal feito por?

  • Será que nós punimos e tentar mais e mais para compensar nossos erros?

Não há nenhuma negação do fato de que, durante um período estressante nossas verdadeiras cores mostram

Como você lida com seus dias fora de forma?

  • Você já tomou o tempo para saber o que lição você poderia e deveria ter aprendido sobre si mesmo, enquanto naquelas horas escuras ou dias?

  • Você já viu um lado para si mesmo que você não gosta?

  • Você notou quão bem ou mal você lidar com você mesmo e sua visão quando as coisas não são perfeitas?

  • Você excesso de pensar a situação e tornar-se infeliz?

  • Você permitir que suas emoções para ditar a sua realidade?

  • Você era muito lógico e insensível a perceber o efeito que tiveram sobre os outros?

  • Será que quis atacar ou defender?

O que está além da fachada do seu eu ‘normal’?

Você já descobriu que ainda? No meu último pensamento para a semana falei sobre se rendendo. Pergunto-me quantos de vocês já tentou aplicá-lo. Indo com o fluxo e refluxo da vida pode dar-lhe a chave de como você lida com o que a vida joga em você.