Não fique preso! 5 Dicas para viajar com medicamentos

Embalagem medicamentos podem exigir um pouco de reflexão e planejamento para a frente antes de jorrar fora no exterior…

Aqui estão algumas coisas a considerar quando se viaja com a medicação.

1. Verifique quais as restrições que se aplicam

Cada país tem suas próprias regras para o transporte de medicação. Além disso, medicamentos vendidos em um país pode ser ilegal em outro, que poderia pousar viajantes em água quente.

2.     Tome medicação suficiente para toda a viagem

O site oficial da sua companhia aérea também deve fornecer informações sobre a realização de medicação

É melhor planejar com antecedência e trazer medicação suficiente para cobrir toda a duração da sua viagem. É mesmo a pena embalagem um pouco mais do que o necessário, apenas no caso. A maioria dos medicamentos pode ser armazenado em temperatura ambiente, sem precauções específicas.

Sempre que possível, olhar para formas de medicamento que são mais resistentes às mudanças de temperatura ou humidade (comprimidos, csulas, frascos).

É aconselhável manter uma cópia da receita com você em todos os momentos e ter uma cópia de backup em formato digital pronto para download a partir da nuvem ou um e-mail, se necessário.

3.     Procure a Denominação Comum Internacional (DCI)

Desde medicamentos nem sempre são vendidos sob o mesmo nome em diferentes países, pode ser útil saber o nome genérico do medicamento ou ingrediente ativo em cada um dos seus medicamentos.

Pergunte ao seu médico ou farmacêutico para ajudá-lo a encontrar a Denominação Comum Internacional (DCI) dos seus tratamentos. Um aplicativo, chamado “Convert Drogas premium”, desenvolvido por um farmacêutico francês, pode ser usado para encontrar drogas equivalentes em 220 países.

Ele está disponível em 11 idiomas para dispositivos iOS e pode ser usado offline.

4.     Coloque alguns dos seus remédios na bagagem de mão

Mesmo se você não precisa de medicação durante o vôo, é uma boa idéia para transportar algum do seu estoque em sua bagagem de mão. Dessa forma, se bagagem de porão é perdido ou atrasado, você terá o suficiente para mantê-lo enquanto resolvendo o problema.

É melhor manter a medicação em sua embalagem original para evitar qualquer ambiguidade ao dirigir pela alfândega

É melhor manter a medicação em sua embalagem original para evitar qualquer ambiguidade ao dirigir pela alfândega.

5.     Cuidado com as falsificações quando compram no exterior

Medicamentos falsificados pode ser um problema real em certos países. A melhor maneira de permanecer seguro é evitar a compra de medicamentos completamente quando viajar para o estrangeiro.

No entanto, você pode ter que estocar em uma farmácia local se você ficar doente, se a oferta que você trouxe de casa fica perdido, roubado ou confiscados, ou se uma viagem acaba por ser mais longo do que o esperado.

A lista de pontos de venda de confiança geralmente pode ser fornecido pela embaixada do seu país. Finalmente, se você detectar quaisquer efeitos colaterais incomuns, informe o seu médico ou farmacêutico sabe o mais cedo possível e mostrar-lhes a medicação que você comprou.