Este jogo Reunião de sua própria reunião o fará chorar lágrimas de alegria

* Mesmo que não há nenhum grito no basebol. 

Corações derreter nas arquibancadas (ou pelo menos o meu não). Haley, Shirley Baker, Betty Spaghetti, Evelyn Gardner, Marbleanne Wilkenson, Marla Hooch e Penny Marshall estão todos aqui neste ensolarado dia de outubro, excepcionalmente quente para um muito especial A League of Their jogo reunião própria, apresentado pelo Walmart e Bentonville Film Festival, para lançar o sexto anual cúpula espnW Mulheres + Sports. A conferência de três dias reúne os principais líderes da indústria de esportes e atletas pro para discutir o avanço da agenda das mulheres em esportes de uma mensagem do filme abraçou mais de duas décadas atrás.

Não importa se você é 15 ou 50, uma menção do filme Uma Equipe Muito Especial desperta muitas emoções e respostas-de citar mais famosa linha do filme ( “Não há nenhum grito no basebol!”) Para cantar letras de suas canções memoráveis ​​( “Este costumava ser meu playground”) para evocar memórias nostálgicas de seu 10-year-old-auto tentando tornar-se um Rockford Peach em seu quintal. Há uma boa razão pela qual este filme de 1992 transcende o tempo com a poderosa narrativa. Confira o trailer original e tente não ter todas as sente.

“Tivemos tantas meninas vêm até nós e dizer que sua equipe assiste ao filme antes de cada jogo, independentemente se o seu esporte é voleibol, basquetebol, qualquer que seja. Eu acho que ressoa com jovens hoje, porque eles estão morrendo de fome, infelizmente, para modelos,”ações de Ramsey no esconderijo subterrâneo, mantendo um olho no campo. Os Rockford Peaches, juntamente com espnW e ESPN talento, estão mostrando o Saddleback Colégio gaúchos que ainda tenho. “Eu quero saber o que é a A League of Their Own hoje”, Ramsey continua. “Não há filmes suficientes feitas que mostram mulheres a esta luz e precisamos mudar isso.”

Cortesia da fotografia Eddie Perlas / ESPN Images

Ecoando este sentimento é Ann Cusack, que jogou Shirley Baker, o galão que não podia ler: “A maior coisa que tantas mulheres jovens dizem é ‘para ver outras mulheres como pioneiros. Há tantas mulheres que amam jogar bola, que amam o jogo. Para saber mais sobre liga esta mulher na história foi muito inspirador.”Patti Pelton, que jogou segundo baseman Marbleann Wilkinson, acrescenta:“Quando eu estava pesquisando o papel, só havia um artigo sobre essas mulheres em Sports Illustrated. Eu acho que as meninas de hoje estão ficando cada vez melhor sobre como se envolver com o beisebol.”Isso ajuda a ver as mulheres como Olympic Star softball Jessica Mendoza chamando MLB jogos na TV nacional, também, que ela fez em um momento de tomada de história no início deste mês.

“Não há filmes suficientes feitas que mostram mulheres a esta luz e precisamos mudar isso.”

Compartilhando a história do All American Girls Professional Baseball League não terminou com o lançamento do filme que julho em 1992. Os membros do elenco foram se reunindo regularmente desde então para mulheres campeão no esporte. “As mulheres estão em nosso mais forte quando são úteis e de apoio um do outro; quando ajudamos uns aos outros ir para os nossos sonhos; quando trabalhamos juntos como uma comunidade “, diz Cusack. “Uma vez que as mulheres se tornam mais capacitados, o que significa realmente acreditar ‘Eu sou importante’ e ‘I matter’-nos ensinam que para a próxima geração de mulheres e meninos e homens.” Apesar de suas regulares encontros-se para eventos ou para apanhar durante o café-realmente jogar bola juntos é uma ocorrência rara para os pêssegos.

Cortesia da fotografia Eddie Perlas / ESPN Images

Hooch, aka Megan Cavanagh, de repente, bate uma bola de terra para baixo o centro do campo e a multidão vai à loucura! Infelizmente, ela está fora antes que ela torna a primeira base. Depois ela recebe abraços e alta de cinco anos no banco, ela se vira e jorra para mim, “É tão divertido estar jogando bola com esses galões… É apenas fantástico”Como Ramsey e Cusack, Cavanagh também admite:‘Eu tenho mulheres de todas as idades me dizendo que eles praticar esportes por causa do filme’Então ela solta outra confissão surpreendente:“Marla estava grávida! Essa parte não fazê-lo no filme. Ela ficou grávida e ferir e é por isso personagem Geena Davis estava chorando. Fui negociado porque o negócio queijo o meu marido de Nelson estava em Racine e eles queriam me estar perto dele, de modo que disse, como um presente do campeonato, eles me negociar para Racine para que eu pudesse continuar jogando. E então eu acabei jogando contra os pêssegos de Rockford no final. Eu estava totalmente nesse jogo! Eles levaram-no para fora, porque a versão original foi de 4,5 horas de duração, por isso, um monte de coisas foi cortada.”Caramba! Este pode ser o melhor dentro colher nunca.

“As mulheres estão em nosso mais forte quando são úteis e de apoio um do outro, quando ajudamos uns aos outros ir para os nossos sonhos;. Quando trabalhamos juntos como uma comunidade”

Mesmo atletas pro ter sido inspirado pelo Uma Equipe Muito Especial e suas estrelas. “No jogo que eu falei com Jen Schroeder, que é um jogador profissional de softball agora, e ela estava tão animado para atender Penny, e as atrizes que jogaram Marla Hooch, e Betty Spaghetti, ea mãe de Stillwell !,” ​​diz espnW editor-in chefe Alison Overholt. “ ‘Eles queriam um tiro para jogar bola’, ela me disse, ‘e eu realmente começar a fazer isso.’ É isso, aí-para Jen e todos nós que cresci assistindo esse filme, ele nos lembra por isso que criamos um evento como o nosso Summit (espnW). Mulheres como companheiros de equipe, apoiando uns aos outros, perseguindo sonhos, se divertindo muito, e apenas ficar lá fora no campo para jogar bola “.

Cortesia da fotografia Eddie Perlas / ESPN Images

É um one-hour, jogo de três inning curta (com nove outs por inning). Não há dúvida de que os jogadores Saddleback faculdade levou fácil sobre os pêssegos, deixá-los ganhar 6 – 2. “Os Saddlebacks são uma equipe de classe. Belos jogadores. Foi tão divertido estar aqui “, diz Cusack. No final do jogo, todos os jogadores se amontoam em torno da placa home e torcer “Não há nenhum grito no basebol!” Antes de girar para Marshall, 71, na sala de imprensa para pagar seus respeitos. Marshall, que parece sob o tempo, sai em um carrinho de golfe (a pé parece um desafio para o sobrevivente do câncer) para parabenizar a equipe.