Como acalmar os ataques de pânico e ansiedade severa

De repente e sem aviso, vem essa enorme sensação de pavor e medo … Seu coração bate tão difícil seus ouvidos ressoam eo aparecimento súbito de pânico deixa paralisado.

Se isso soa familiar, você tem sofrido de um ataque de pânico antes. Para muitos, ataques de pânico são mais comuns. Eles podem causar depressão, medo de sair de casa e até mesmo causar a retirada completa das atividades sociais, uma vez apreciado.

No entanto, você pode recuperar o controle e é possível reduzir os sintomas debilitantes de ataques de pânico com os seguintes tratamentos …

1. Os exercícios de respiração

Respiração profunda é uma das partes mais importantes da redução dos sintomas durante um ataque de ansiedade. Isto é porque durante um ataque de ansiedade a pessoa começa hiper-exalado (fazer respirações rápidas redução dos níveis de dióxido de carbono no sangue e causar tonturas). Assuma o controle de sua respiração através de exercícios respiratórios especiais que se concentram em respiração profunda do estômago em vez de uma respiração torácica superficial vai ajudar a relaxar o sistema nervoso.

2. A terapia comportamental cognitiva

Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) trata os ataques de pânico, alterando seus pensamentos sobre a ansiedade e terapia comportamental – e como você reage a desencadeia ataques de ansiedade ou pânico. Comece com ajuda a entender por que ele sofre de ataques de ansiedade na esperança de reduzir os sintomas e identificar os gatilhos de ataques.

3. Exercícios de relaxamento

Técnicas de relaxamento como meditação e yoga – muitas vezes ensinadas, a fim de reforçar o controlo do paciente sobre o seu sistema nervoso, então você pode ir para as respostas de relaxamento ataques de pânico quando eles chegam. Por exemplo, yoga cria uma sensação de euforia e calma que pode ser implementado em sua rotina diária para ajudar a relaxar antes de entrar em uma situação potencialmente estressante.

4. A exposição terapia

A terapia de exposição ensina o paciente a ter controle sobre seu pânico quando expostos a sensações físicas de pânico em um ambiente seguro e controlado. Existem diferentes exercícios – como a respiração e simulação de um ataque de pânico – que visa ajudar os pacientes a lidar com os sintomas de ansiedade e ganhar um senso de controle sobre suas emoções.

5. Imagem guiada exercícios

Este tipo de terapia da visão pode ajudar ansiosos para criar um lugar em sua mente onde você se sente pessoa calmo e relaxado. As imagens são diferentes para cada pessoa. Para alguns, o seu lugar seguro pôde ser localizado em sua cama, enquanto outros podem encontrar a paz quando visualizar a voz de um ente querido. Esta terapia pede ao participante a se concentrar nos detalhes minuciosos de seu lugar feliz, e sua atenção ser focado em um pensamento relaxante e não stress.

6. Exercício

Muitas vezes uma mente acelerada pode se acalmar com a atividade física. As endorfinas liberadas durante o exercício muitas vezes ajudar inundar o corpo e mente com sentimentos de calma e felicidade. Comece com exercícios leves, como ciclismo, natação, caminhadas ou fazer yoga.

7. Prescrição

Em casos graves de ansiedade, os médicos podem prescrever medicamentos (por exemplo, antidepressivos ou tranquilizantes leves) para ajudar a acalmar o início de um ataque de pânico. Estes medicamentos funcionam para diminuir a actividade cerebral e hiperestimulação do sistema nervoso imediatamente produzido um ataque de pânico.

8. Musicoterapia

Você pode procurar a ajuda de um terapeuta da música, mas você também pode criar uma lista de reprodução com as canções suaves para ouvir quando você sente que o stress veio. Estas canções deve fazer você se sentir calmo e relaxado. Se você sentir uma enorme ansiedade, colocar fones de ouvido, feche os olhos e completamente concentrar na música, letras ou ritmo para ajudar a deter a ansiedade.