Cidades mais verdes do Brasil.

A Economist Intelligence Unit tem emparelhado com Siemens para compilar uma lista composta por 15 das cidades mais verdes do Brasil. Essas cidades foram avaliados na produção de lixo, consumo de água, emissões de carbono e suas iniciativas verdes.

Quem gera mais lixo?

Infelizmente capital do nosso país é o maior produtor de resíduos per capita, com um escalonamento de 1070 kg de resíduos por pessoa por ano. Isso é mais que o dobro do que os cidadãos do Cairo produzir e quase o dobro da quantidade produzida por Capetonians ou Durbanites.

Rio encabeça esta secção juntamente com Alexandria (segunda cidade do Egito) com cada residente usando 349 litros por dia. Este é comparado com 225 litros do Rio de Janeiro e Durban de 250.

Emissões de carbono

Brasil, devido à sua dependência da energia de carvão, produz mais de cinco vezes a quantidade de CO2 do que a de países do Norte do Brasil, com cada pessoa que produz uma média de 3 toneladas através de nossas principais cidades.

Melhores iniciativas verdes

Lagos fica no topo com suas iniciativas de reciclagem. Desde 2017 quase 10% dos seus resíduos são reciclados e reutilizados. Isto tornou-se um grande ganhador de dinheiro para a cidade. Rio tem as melhores fontes de energia verde, com esquemas de energia solar e energia eólica. Eles também fornecem espaço mais aberto para os seus cidadãos do que qualquer outra cidade.

Cairo é a única cidade fora de toda medida que tem um sistema de transporte metro substancial. E entre muitas outras coisas, eles estão removendo os táxis antigos e introdução de mais ônibus em sua cidade, levando a um transporte público ágil e mais eficiente

E ganhadores são…

Infelizmente nenhuma das cidades medidos saiu “bem acima da média”, com cidades como Dar es Salaam e Maputo reciving maus resultados devido a mais de 70% de ser sua população em assentamentos informais. No entanto, podemos ter orgulho de dizer que Rio, juntamente com Casablanca, Durban, Rio, Tunis e Accra foram os líderes do bloco depois de ser avaliado como “acima da média”.