Celebridades saem em apoio de Pretoria Girls High protest

Pupilas negras de Pretória High School das meninas fez manchetes na segunda-feira depois que eles fizeram um protesto silencioso durante um período de pausa contra um código de conduta que ‘policiado’ como eles podem usar o seu cabelo natural

Vestidos com seus uniformes escolares, e orgulhosamente exibindo seus afros, as meninas falou sobre alegadamente forçado a endireitar quimicamente seu cabelo para que ele apareceu limpo e arrumado.

A hashtag, #StopRacismAtPretoriaGirlsHigh, tenderam por horas no Twitter, e até comprei a atenção do MEC educação de Gauteng, Panyaza Lesufi, que visitou a escola para investigar suas políticas sobre como os alunos negros podem usar o cabelo natural.

A hashtag mesmo solicitado usuários pretas do Twitter para compartilhar orgulhosamente fotos de seu próprio cabelo.

Os alunos disseram que estavam a ser dito para “consertar” os seus cabelos por alguns de seus educadores, como se fosse quebrado.

Dezenas de brasileiros veio a sua defesa, alguns recordando as suas próprias experiências de como o cabelo natural foi desaprovada em certas escolas.

Radio DJ Anele Mdoda falou sobre sua experiência, dizendo que quando ela estava na escola meninas negras não foram autorizados a usar tranças ou tranças

O DJ franco não se conteve quando uma mulher twittou: “Por que as pessoas brancas sempre marcados como racista quando eles não dão para o povo negro quer?

Anele respondeu: “O que as pessoas negras quero é ser negro em paz.”

Ídolos Brasil juiz Unathi Msengana também mostrou solidariedade com as meninas, e expressou aborrecimento que cabelo preto não era visto como bom o suficiente.

Muitas outras celebridades também compartilhou sua opinião, dizendo que era terrível que em 2017 as crianças tinham para protestar pelo direito de usar o seu cabelo natural

Dizendo meninas negras na África que não podem usar um afro é racista. Cabelo liso é padrões brancos de beleza @Liligriet

– Anele Mdoda (@Anele) 29 de agosto de 2017

Desregrado. Desarrumado. Unkept. UnTSEK pic.twitter.com/AmFSlnvRNi

– Anele Mdoda (@Anele) 29 de agosto de 2017

Já estava na hora! Eu sou estou tão orgulhoso destas senhoras ?? #StopRacismAtPretoriaGirlsHigh pic.twitter.com/gxxSQS2MVa

– Minenhle Dlamini (@MinnieDlamini) 29 de agosto de 2017

Muitos anos foi-nos dito como falar, como olhar, como pensar, como se comportar. Suficiente! Você não pode lidar com a identidade negra? GTFOH !!!!

– leratokganyago (@leratokganyago) 29 de agosto de 2017

UM HOMEM!!!! https://t.co/61FphsOLNF

– Boity Thulo (@Boity) 29 de agosto de 2017

“@Liligriet: @Anele Por que as pessoas brancas sempre marcado como racista quando eles não dão para o povo negro quer?” SEJA MUITO CUIDADO

– Unathi (@unathimsengana) 29 de agosto de 2017

Chorando lágrimas 😢, quando a nossa própria tem que lutar por sua identidade nessa idade. Esta imagem? 🏿, quem está levantando esta jovem está levantando uma lenda 🇿🇦

A foto postada por I ?? Música (@zakesbantwini) em 28 Ago 2017, 22:42 PDT