A idade de ouro da maternidade.

load...

Minha família está resolvido. Estamos todos aqui. Juntos como sete. Nós estamos em nossa casa agora, onde nós noturno sit-down jantares. Falamos gratidão. Fazemos práticas esportivas. Fazemos festas cozinha de dança. Nós esconder-esconde. Games! Games! Games! E brincar com as crianças dos vizinhos algumas portas para baixo. Fazemos lição de casa e casa e Nossa-oh-pete mais lição de casa. Nós combate. Deus, nós já não lutando. Nós chorando. (Claro que sim!) Nós gritando. Eu desejo que fizemos menos gritos, mas talvez nós vamos sempre ser alto. Principalmente, porém, fazemos amor. Uma e outra vez, o que fazemos Eu te amo s. Eu te amo. E o meu coração mamãe está cheio para cima.

Idades de ouro são caracterizadas por estabilidade, harmonia, prosperidade. É alguma surpresa eu não quero desta vez para acabar? Quem diria ?! Vamos ser dourada para sempre! Não pode toda a vida ser de ouro? Eu não quero dizer adeus a esta! Tudo isso bondade. Sonhei que ser assim por muito tempo.

load...

*** Na manhã início de Maio o meu trabalho com Mabel começou, a casa estava escuro e silencioso. A casa ficou escura e em silêncio por algum tempo. Mantivemos as crianças da escola para casa. Eles dormiam. Olhei pela janela grande figura na sala de estar. Nossa rua era tranquila também. Eu me senti como o próprio Mundial pôs um silêncio sobre as coisas e por um momento segurou meu rosto em sua palma. Parecia concurso. Como amor. Foi amor.

Quando uma contração veio, eu coloquei minha cabeça contra o sofá de couro frio. Nesse frieza Perdi contato com essa manhã escura, a luz, a casa, a rua, o mundo. Mesmo o silêncio se foi. A cada poucos minutos um swell lavaria sobre mim – uma contração – e eu escorregou em que espaço encantador calma entre todas as coisas. Só eu, o bebê, a respiração eo ritmo.

Oh, que o ritmo. Expandir contrato, expandir contrato, expandir para fora na na na na para fora para fora para fora para fora para fora OUT OUT OUT OUT OUT e em em em. E mais uma vez. Deixando o ritmo leve-me é o que eu gosto sobre o trabalho. Eu não fugir do trabalho. Eu amo o propósito na dor.

Chegou um ponto que dia em que eu me encontrava em nosso lavabo, sozinho. A luz forte da manhã inundou o quarto minúsculo. Eu tinha ido a partir do sofá para trabalhando na minha cama, e agora eu estava aqui neste pequeno banheiro. A força do meu bebê saindo me manteve em meus joelhos. Parece estranho e talvez errado dizer que queria ficar ali de joelhos. Mas eu fiz. Isso é o que eu queria. Só para ficar lá e esticar o tempo.

Porque eu sabia.

load...

Eu sabia que a próxima vez que eu levantei, eu estaria ajudou à piscina nascimento. Eu sabia que ia ter meu bebê logo depois de deixar esse banheiro.

Eu sabia.

*** Nossos corpos têm limitações. O tempo tem limitações. Ter tudo, o tempo todo, é uma ilusão. Quando a opção de ficar trancado em um momento, um período, uma idade – não importa quão ouro – não serve o seu bem maior, é melhor para mover. Seja livre. Ir em frente. Diga adeus e seguir em frente, porque outros dourados coisas, pessoas, lugares, oportunidades – eles esperam.

I podem, eventualmente, dizer adeus a essa idade de ouro ocupado particular de maternidade, trazendo meus filhos e bebês, mas eu vou estar dizendo OH HI LÁ! OLÁ! para… A próxima parte bonita da minha vida.

Eu sei isso.

load...

Talvez toda a vida pode ser de ouro.