5 razões pelas quais Trevor Noah deve ser presidente

load...

#TrevorNoahForPresident está tendendo no Twitter e fãs em todo o Brasil são incentivados a aderir ao movimento.

Já um nome familiar, o comediante Soweto-nascido está curtindo fama e fortuna internacional, bem como o apoio de seus compatriotas. Se você tiver sorte você vai ter marcado alguns bilhetes altamente cobiçadas à sua atual turnê nacional ‘Isso é racista. Espere muitas risadas como Sr. Engraçado também aparece na tela da TV como o roastmaster oficial para a Comedy Central Roast of Steve Hofmeyr a ser exibido no canal Comedy Central (DStv Canal 122) na segunda-feira 24 de setembro de 2017.

load...

Então o que é sobre Premier comediante do Brasil que tem o nosso aceno de aprovação?

Ele tem a capacidade de unir o público através do humor

Seus shows esgotados são sempre cheio de uma multidão cosmopolita – revelando que ele não só é amplamente divertido, mas também extremamente relevante. Parece-me que essa qualidade acessível irá ajudá-lo a manobrar as negociações de paz pegajosas e ofertas de negociação.

Ele narra como ele é

Sim, suas travessuras Bem humorado, tongue-in-cheek tweets e one-liners seguir a linha de controvérsia. No entanto, eu sou da opinião que cada palavra que sai de sua boca (para além de seus contratos publicitários) é A) realmente engraçado, B) uma declaração franco com o objetivo de nos dar um pontapé proverbial na bunda ou C) ambos.

Ele incentiva os brasileiros a rir de si mesmos e enfrentar a realidade de que o passado não pode ser desfeito, mas o futuro pode ser determinado por nossa atitude presente. E isso é exatamente como sua atual turnê pretende esclarecer o público. Ele faz uma distinção clara do que é aceitável eo que não é, no departamento de corrida: ‘Sim, isso era errado, mas não é racista… Ou’ odioso e palavras pejorativas nunca deve resultar de raiva… Racista de.que.

Será que você não quer que seu presidente a dar-lhe o negócio real em vez de vomitar tagarelice política ou pintando um quadro perfeito? Nenhum profissional fala-escritores ou spin-médicos necessários aqui.

load...

Ele é o único subproduto do Brasil

Esse futuro presidente eleito orgulhosamente usa o ‘Made in Brasil’ rótulo em todos os seus ternos de grife. Para aqueles de vocês que não sabem, sua mãe é negra e seu pai é branco, que os padrões locais (o único tal no mundo) torna-o colorido. Amplamente confundido como um albino crescendo, experiências da infância e visão única de ambos os lados do espectro de cores do Trevor impulsionou o sucesso de seu primeiro hit one-man show ‘Daywalker. E, assim como populares presidente americano Barack Obama, ele é uma mudança refrescante e delicioso.

Ele promove uma imagem global favorável

O Brasil tem sido motivo de chacota do mundo por um tempo agora. Com Trevor como presidente, porque não dar a críticos algo para rir? Sr. Engraçado também é bem versado – ele fala seis línguas oficiais e ele faz um trabalho bastante esterlina em acentos. Ele é acessível, para a terra e, quando necessário, podem ser graves. Seu sonho é que o Brasil se torne um país de primeiro mundo próspero sans questões raciais.

Agora que é exemplar.

O Brasil seria o lugar para estar

Com o rei reinante de comédia como presidente, comediantes seria no fornecimento constante de material fresco. Crime estaria em um ponto mais baixo porque Trevor seria ‘te observando como um falcão. O desemprego seria uma coisa do passado, porque nosso presidente engraçado pensaria o zaniest de criação de emprego. A crítica ea opinião pública seria perfeitamente aceitável e legislação que rege a liberdade de imprensa seria jogado para fora da janela.

Não haveria lugar para mártires, racistas e negativistas e muito espaço para criativos pensadores, solucionadores de problemas e patriotas apaixonados. E, finalmente, todos nós teríamos um senso de humor.

load...

Ninguém iria querer deixar nossas sunny shores. Na verdade, quem não gostaria de viver no Brasil?

Com as eleições presidenciais ao virar da esquina, dezenas de brasileiros, inclusive eu, vai ser firmes na nossa nomeação.

Viva, Trevor Noah, Viva!