4 sinais sutis de burnout (e como vencê-lo)

Isto é, até que tudo fica muito. O estresse crônico produzido colocando pressão irrealista em nós mesmos para transformar nossas metas em realidade leva tanto um pedágio físico e emocional.

Se você está tentando subir na carreira, começar uma família ou manter um equilíbrio entre essas duas atividades, tensão emocional persistente substitui energia, paixão e entusiasmo com a exaustão, frustração e desilusão.

Então, o que define o burnout além do estresse padrão antigo?

Estes quatro indicações sutis são um sinal de que você está experimentando algo mais sinistro do que está sendo espalhado muito fino:

1. Você está exausto o tempo todo

Seu alarme dispara e você acorda com um choque, encontrando-se no sofá em uma poça de baba. Mais uma vez, você não poderia ter passado a música-tema do episódio de The Good Wife você tiver sido tentando terminar toda a semana.

Mas, mesmo depois de dez horas de sono, você se sentir (e olhar) como se você acabou casa de um ‘delírio 90s armazém que torna impossível de se sentir bem sobre si mesmo ou fazer qualquer coisa.

2. Cada dia é um dia ruim

Não importa o que aconteça, todos os dias é como o dia em que Ryan Gosling se casou com Eva Mendes e um sonho impossível morreu uma morte violenta. Você teme acordar de manhã, porque é como se o universo está conspirando contra você.

Você teme acordar de manhã, porque é como se o universo está conspirando contra você.

3. Você não está cuidando de si mesmo

Saltar refeições e vivendo em espresso duplo-shot é um sinal claro de que você tem mais no seu prato do que você pode manipular. Mesmo se você se convencer de que é parte de sua estratégia para olhar o seu melhor em selfies praia de dezembro de negligenciar a sua própria saúde não é uma questão a ser tomada de ânimo leve.

4. Você se retirar das atividades sociais

O pouco tempo que você tem não é gasto com aqueles que mais importa. Em vez disso, você enterrar-se em sua edredão e do dia-sonhar com uma passagem só de ida para Bali e um emprego em um barco de camarão. Sem caixa de entrada, sem dar resposta aos pedidos, não há problema.

Se alguma das situações acima descreve a sua vida, é hora de agir. Você pode não ser capaz de mudar sua situação, mas você pode melhorar sua reação a ele, mantendo-se apto e focado. Um corpo saudável suporta uma mente saudável. É simples assim.

Nós conversamos com Ivana Buchanan, especialista em formação de grupo na Zona Fitness, para algumas dicas de estilo de vida para manter o burnout na baía:

Um corpo saudável suporta uma mente saudável. É simples assim.

1. Tire um tempo para recarregar

“Comece o dia com um ritual de relaxamento como ioga para obter-se na cabeça-espaço certo para o próximo par de horas antes que você possa descansar novamente.

“Os movimentos lentos e controlados emparelhados com a respiração profunda vai deixar você sentir relaxado e centrado, pronto para lidar com o que a vida lança seu caminho.”

2. Sessões sociais Agenda

“Se inscrever em uma aula de fitness semanal com seus amigos. Você vai tirar o máximo partido do seu precioso tempo, uma vez que irá ajudá-lo a destress e manter seus relacionamentos.

“Mesmo com o mínimo de tempo à sua disposição, você precisa dar tempo para as pessoas que você ama. Além disso, gymming com as meninas dá-lhe a motivação extra que você precisa para fazer o seu bem-estar uma prioridade.”

3. Cultive a confiança

“Envolver-se em atividades que aumentam a sua confiança e mantê-lo sentir-se bem consigo mesmo. Mexa-se e se inscrever para uma aula de dança. Não só é muita diversão, seu físico cada vez mais enfraquecida vai a sua confiança para mantê-lo mentalmente forte quando a vida o jogar limões.”

Por mais que a sociedade coloca ênfase na conquista, você só pode gravar brilhante se você fazer o tempo para si mesmo.

***

Preste www.zonefitness.co.za uma visita para alguns fitspo para ajudá-lo a quebrar o ciclo de queima.

Enquanto esforços All4Women para garantir artigos de saúde são baseados em pesquisa científica, artigos de saúde não deve ser considerado como um substituto para o conselho médico profissional. Se você tiver preocupações relacionadas com este conteúdo, é aconselhável que você converse com seu médico pessoal.